Blog do Maddog


Reflexões de um Cachorro Louco

Heróis

Publicado em 03/03/2010 às 10:41 | 7212 leituras


Versão para impressão Enviar por email

    

Por Jon ‘maddog’ Hall

Tenho alguns heróis pessoais que me inspiram: Abraham Lincoln, Samuel Clemens, Conra-almirante Grace Murray Hopper, Albert Einstein e Alan Turing. Recentemente, conheci outro, e gostaria de compartilhar sua história com vocês, já que essa pessoa teve um importante impacto sobre os computadores e o Software Livre.

Era 1937 e a Europa estava em conflito. Muitos judeus fugiam do regime nazista, vários vindo para os Estados Unidos para escapar da opressão. Muitos desses imigrantes eram muito instruídos. Minha “heroína” havia recebido uma boa educação na Áustria, mas também nutria um amor por matemática e ciência que ia além de sua educação formal. A mãe e o pai da minha heroína eram uma pianista e um banqueiro, respectivamente, e minha heroína assimilou uma grande diversidade de conhecimentos. Minha heroína foi para o teatro e, depois, para o cinema.

Vendo os nazistas avançando cada vez mais, minha heroína se mudou da Áustria para Paris, depois para Londres, usando seus talentos musicais e dramáticos para ganhar a vida. Em 1938, mudou-se para os Estados Unidos e começou a trabalhar em Hollywood.

Em 1939, os nazistas usavam U-boats para controlar o mar. As marinhas dos aliados tentavam usar torpedos contra os U-boats, mas os torpedos da época eram lentos e deixavam uma trilha de bolhas que podia facilmente ser vista, então era possível fugir dos torpedos. Os engenheiros perceberam que seria possível usar sinais de rádio para manobrar o torpedo, mas também perceberam que, se o sinal de rádio fosse detectado, poderia ser interrompido ou, pior ainda, suplantado de forma a direcionar o torpedo de volta para a embarcação dos aliados que o havia atirado!

Minha heroína pensou muito nisso e imaginou que o sinal do torpedo poderia ser enviado em várias frequências. Se houvesse alguma forma de coordenar tanto o transmissor quanto o receptor para que usassem a mesma frequência ao mesmo tempo, mas continuassem alterando-a num padrão secreto e complexo, o sinal de rádio seria muito mais difícil de detectar e interceptar.

Surge George Antheil, filho de imigrantes alemães, que havia criado música usando instrumentos musicais automáticos, como um grupo de pianos automáticos tocando simultaneamente. O sr. Antheil havia aprendido a fazer esses instrumentos individuais trabalharem em conjunto. Após encontrá-lo numa festa em Hollywood, minha heroína discutiu a idéia das “mudanças de frequências”.

Alguns de vocês sabem que eu coleciono instrumentos musicais automáticos, particularmente aqueles com um rolo de papel para controlá-los. Sempre achei fascinante que as pessoas no século XIX conseguissem criar autômatos usando apenas motores de vácuo, rolos de papel e ligações. Na vredade, alguns dos primeiros desenhos de “barramento” e “roteador” vieram de mecanismos de órgãos, usando o fluxo de ar canalizado para várias partes do órgão de forma mecânica. “Amplificadores” foram feitos usando pequenas válvulas e pequenos volumes de ar (ou vácuo) para controlar grandes volumes de ar (ou vácuo).

O sr. Antheil se sentou com minha heroína e, em poucas noites, descobriram como espalhar um sinal de rádio por 88 frequências diferentes usando um rolo de piano (que normalmente tem 88 buracos para as 88 teclas do piano) para controlar qual frequência seria usada em cada momento.

Eles anotaram essa ideia de forma completa, com imagens e diagramas, e a enviaram para o escritório de patentes dos EUA como um “sistema de comunicação secreta”, e deram os direitos da patente ao governo americano em junho de 1941, aproximadamente seis meses antes de Pearl Harbor.

Infelizmente, as tecnologias da época não eram suficientes para a tarefa. Usar um rolo de papel para pianos num torpedo, junto com os mecanismos associados que seriam necessários para fazê-lo funcionar, não era factível, mas ideia parecia boa.

Disseram à minha heroína que, em vez de se juntar ao “Conselho Nacional de Inventores”, como estes desejavam, ela deveria usar sua fama do cinema para vender bônus de guerra. Minha heroína aceitou esse conselho e conseguiu gerar milhões de dólares em vendas de bônus de guerra para ajudar a financiar os trabalhos para a 2ª Guerra Mundial.

Passaram-se os anos e a patente perdeu seus direitos após 17 anos. Os dois inventores jamais ganharam royalties com ela, e sua esperança de que ela fosse usada para vencer os nazistas jamais se realizara.

Vinte anos depois, as coisas haviam mudado. A comunicação melhorara, a eletrônica (em vez de rolos mecânicos de piano) podia ser usada para a sincronia, e a “comunicação secreta” agora poderia ser usada com sinais de rádio para controlar torpedos e mísseis.

O mecanismo descrito na patente começou a ser usado em comunicações militares.

Em 1981, o governo começou a liberar informações sobre esse sistema, e em 1985 o sistema começou a ser usado em vários sistemas de rádio comerciais, pois os engenheiros descobriram que, ao usar essa técnica, conseguiriam não apenas transmitir mais sinais através da mesma largura de banda, como também poderiam reduzir muito a necessidade de energia.

Esse método, não mais “secreto”, foi chamado de espalhamento espectral (“spread spectrum”, em inglês), e constitui a base para o Wi-Fi, o Bluetooth e as tecnologias celulares, para citar apenas algumas.

Em 1997, a EFF (Electronic Frontier Foundation) deu a George Antheil (falecido há muito tempo) e minha heroína (que na época estava aposentada na Flórida) um “prêmio por pioneirismo”, 66 anos após terem enviado sua patente.

Se você observar a patente, talvez ainda não reconheça o nome da minha heroína, Hedy Kiesler Markey, nem a conheça por seu nome de nascimento, Hedwig Eva Maria Kiesler, mas muitos provavelmente ao menos já oubiram falar de seu nome artístico, Hedy Lamarr, certa vez considerada “a mulher mais bonita do mundo”.

Obrigado, srta. Lamarr, por tudo que você fez.

Comentários

Outros Posts

Rapidinhas do maddog

Publicado em 24/03/2014 às 15:55 – Comentar primeiro

Se você é um estudante de ciência ou engenharia da computação e está procurando uma maneira de fazer dinheiro extra e obter uma grande experiência de trabalho, leia este post até o fim!
Leia mais...

Olá, presidenta Rousseff... eu avisei!

Publicado em 22/10/2013 às 12:18 – Comentar primeiro

Em sua mais recente postagem, maddog conta um pouco sobre o Projeto Cauã e como evitar que problemas como os ocorridos com a espionagem da NSA voltem a ocorrer.
Leia mais...

FISL e DrupalCamp Porto Alegre

Publicado em 10/06/2013 às 12:23 – Comentar primeiro

maddog dá a dica: inscreva-se para na caravana DrupalCamp e vá ao FISL em Porto Alegre com 50% de desconto.
Leia mais...

O ano do centenário de um grande homem: Alan Turing

Publicado em 16/10/2012 às 15:00 – Comentar primeiro

Grã-Bretanha busca corrigir um dos maiores equívocos de sua história, ao ter tratado o cientista como um inimigo de Estado após Segunda Guerra Mundial.


Leia mais...

Mea culpa

Publicado em 18/09/2012 às 15:07 – Comentar primeiro

Como a Apple poderia lidar com seus problemas de forma mais diplomática. 


Leia mais...

Jon 'maddog' Hall se declara homossexual

Publicado em 26/06/2012 às 17:31 – Comentar primeiro

Diretor da Linux Internacional revela as razões de ter "saído do armário" em um post comovente em seu blog pessoal.


Leia mais...

Recessão? Que recessão?

Publicado em 05/06/2012 às 13:34 – Comentar primeiro

Maddog conta a história de sucesso de um desenvolvedor brasileiro que entendeu como usar serviços de software livre.


Leia mais...

O conto das mensagens

Publicado em 04/05/2012 às 13:03 – Comentar primeiro

Maddog avalia os efeitos de mentes fechadas sobre até mesmo o mais simples do softwares.


Leia mais...

As necessidades de muitos

Publicado em 14/12/2011 às 9:30 – Comentar primeiro

Maddog fala sobre o tempo em que desenvolveu uma atualização para o sistema Ultrix, como aprendeu sobre escolhas e o benefício da opinião da maioria.


Leia mais...

Frustrações noturnas

Publicado em 27/10/2011 às 12:32 – Comentar primeiro

Maddog fala sobre algumas frustrações com a tecnologia e como isso pode afetar o seu uso pelos usuários finais


Leia mais...

Cerveja em troca de código

Publicado em 11/07/2011 às 11:55 – 1 comentário(s)

Maddog conta uma história sobre desenvolvedores e a recompensa pelos seus esforços no mundo do software livre.


Leia mais...

Gandhi teria sido um defensor do Software Livre?

Publicado em 05/05/2011 às 11:47 – Comentar primeiro

Maddog traça paralelos com os atos de desobediência civil incentivados por Gandhi com os benefícios do Software Livre.


Leia mais...

Offtopic: Mom&Pop(TM)

Publicado em 15/03/2011 às 10:38 – Comentar primeiro

Maddog conta um pouco sobre sua história familiar e fala sobre o falecimento de sua mãe, Marian Rhoda (Burns) Hall.


Leia mais...

Quando ser gratuito custa caro

Publicado em 03/01/2011 às 10:22 – Comentar primeiro

A importância de se inscrever com antecedência nos encontros de software livre gratuitos, como o Ohio Linux Fest.


Leia mais...

Falta de espaço

Publicado em 26/11/2010 às 18:35 – Comentar primeiro

Colunista faz uma reflexão sobre a evolução da capacidade de armazenamento dos computadores.


Leia mais...

Posts anteriores

lançamento!

LM 113 | OpenStack




Impressa esgotada
Comprar Digital  R$ 10,90 Digital

  1. Baixe o curso de shell script do Julio Cezar Neves

    Publicado em 07/04/2008 às 19:41 | 210101 leituras

  1. Resultado do concurso "Por que eu mereço ganhar um netbook?"

    Publicado em 30/09/2009 às 3:00 | 121106 leituras

  1. Software público brasileiro na Linux Magazine Especial

    Publicado em 29/07/2011 às 15:07 | 110755 leituras

  1. Lançado o phpBB 3

    Publicado em 13/12/2007 às 18:42 | 103049 leituras

  1. TeamViewer disponível para Linux

    Publicado em 26/04/2010 às 1:27 | 81954 leituras

  1. Intel afirma que notebooks de baixo custo com Android estão em produção

    Publicado em 29/04/2013 às 15:31 | 4459 leituras

  1. Acesse agora a nova Linux Magazine Community Edition

    Publicado em 20/08/2009 às 14:13 | 3396 leituras

  1. Softtek abre 49 vagas no Brasil

    Publicado em 25/11/2011 às 10:40 | 4814 leituras

  1. Cabeçalho "Não quero ser rastreado", da Mozilla, é adotado por outros browsers

    Publicado em 18/04/2011 às 16:11 | 7592 leituras

  1. Confira as novidades do Red Hat Enterprise Linux 6.3

    Publicado em 26/06/2012 às 17:26 | 5584 leituras

whitepapers

mais whitepapers