Big Data: grande potencial, grande prioridade

Publicado em 01/04/2013 às 12:13 | 14743 leituras

Estudo global da Cisco revela que o Big Data está atrelado à vantagem competitiva; gera tráfego de rede, incrementa orçamentos de TI e acelera a adoção de nuvem.


Versão para impressão Enviar por email


Grandes volumes de dados são gerados diariamente por smartphones, sensores, câmeras de vídeo, medidores inteligentes e outros dispositivos conectados, somados à vasta quantidade de informações oriundas de fontes tradicionais.  Essa “avalanche de dados” representa uma possível mina de ouro em insights, mas um novo estudo encomendado pela Cisco revela que os profissionais de TI têm o desafio de extrair valor estratégico de seus dados. 


O Cisco® Connected World Technology Report (CCWTR) entrevistou profissionais de TI em 18 países, incluindo o Brasil, para analisar a prontidão de TI, os desafios, as lacunas de tecnologia e o valor estratégico da implantação de projetos de Big Data.


Enquanto a maioria das empresas coleta, armazena e analisa dados, o relatório revela que muitas enfrentam os desafios de negócios e de TI do Big Data. Por exemplo, enquanto 60% dos entrevistados globalmente concordaram que o Big Data auxiliará na melhoria da tomada de decisões e aumentará sua competitividade, somente 28% relataram gerar atualmente valor estratégico a partir de seus dados. 


Principais Descobertas do Cisco Connected World Technology Report 2012 (CCWTR)


Big Data, Grande Potencial, Grande Prioridade


O Big Data pode proporcionar vantagem competitiva àqueles que puderem tirar proveito dos dados de maneiras novas e criativas.



  • Mundialmente, 60% dos entrevistados na pesquisa disseram acreditar que o Big Data pode ajudar negócios e países a melhorar a tomada de decisão e a competitividade global, sendo que os entrevistados na China (90%), México (85%), Índia (82%), Brasil (79%) e Argentina (78%) são os que mais confiam nos benefícios dos projetos Big Data.

  • Mais de dois terços dos gerentes de TI concordam que o Big Data será uma prioridade estratégica para suas empresas em 2013 e nos próximos cinco anos. As porcentagens mais altas foram encontradas na Argentina (89%), China (86%), Índia (83%), México e Polônia (ambos 78%). No Brasil foi de 76%.

  • O que é necessário? 38% no mundo e 32% no Brasil disseram que, mesmo tendo uma solução Big Data, eles ainda precisam de um plano estratégico para aproveitar o Big Data.


 


Obstáculos à abtenção de insights e à realização de valor


Os gerentes de TI indicaram diversos obstáculos à adoção das soluções Big Data: A segurança é a primeira da lista, seguida por orçamento e pessoal.



  • Mundialmente, mais de um em cada quatro entrevistados (27%) disseram que a segurança de dados e a gestão de risco são uma grande preocupação. Eles citaram o enorme volume de dados, as diversas formas de acessá-los e a falta de orçamento para segurança como as razões mais importantes pelas quais a segurança dos dados em projetos de Big Data é um desafio tão grande.

  • As preocupações com segurança predominaram na China (45%), Índia (41%), EUA (36%) e Brasil (33%).

  • Em conjunto, a falta de orçamento (16%) e a falta de tempo para estudar o Big Data (14%) são citadas por um terço dos entrevistados como seus principais obstáculos.

  • Quase um em cada quatro (23%) apontou a falta de pessoal de TI (13%) ou pessoal com experiência em Big Data (10%) como os principais problemas, especialmente no Japão (31%) e Brasil (30%).


 


Espera-se que a Big Data estimule investimentos em TI


Mais da metade dos entrevistados da área de TI crê que o Big Data afetará o aumento dos orçamentos de TI de suas organizações, tanto agora quanto no futuro, devido às exigências de tecnologia, pessoal e experiência.



  • Mais da metade dos entrevistados espera que as estratégias de Big Data aumentem seus orçamentos de TI em 2013.

  • Cerca de três em cada cinco (57%) disseram que o Big Data aumentará seus orçamentos nos próximos três anos. Esta é a opinião de 73% dos profissionais de TI entrevistados nos Brasil.

  • Mais de quatro em cada cinco entrevistados (81% globalmente e 87% no Brasil) disseram que todos ou alguns projetos Big Data exigirão capacidades de computação em nuvem.

  • Assim, a adoção da nuvem poderá afetar a taxa de adoção – e os benefícios – dos esforços de Big Data.

  • Cerca de metade dos gerentes de TI (48%) estimou que as cargas de suas redes dobrarão nos próximos dois anos, especialmente os entrevistados na China (68%) e Alemanha (60%). No Brasil, 42% compartilham a mesma opinião.

  • Aproximadamente um em quatro (23%) espera que as cargas de suas redes tripliquem nos próximos dois anos. Expectativa para 32% dos entrevistados no Brasil.

  • Somente dois em cada cinco entrevistados (40%) relataram estar prontos para um aumento no tráfego de rede.  No Brasil 33% dos entrevistados têm esta percepção.

  • Mais de um em cada quatro (27%) disseram que precisarão de melhores políticas de TI e medidas de segurança. Entre os brasileiros, 42% compartilham desta mesma opinião.

  • Mais de um em cada cinco (21% no mundo e 18% no Brasil) disseram que precisarão de mais banda.


 


Impacto em TI


O Big Data expande o papel da TI: Mais estratégico, mais parcerias


O Big Data oferece à área de TI uma oportunidade de agregar valor e criar parcerias mais fortes nas linhas de negócios que ajudam nos resultados e no aumento da receita. Os projetos de Big Data podem ajudar a oferecer oportunidades para que o departamento de TI se torne um parceiro mais estratégico em suas organizações.  



  • Como esperado, três em cada quatro entrevistados (73% no mundo e 76% no Brasil) disseram que o departamento de tecnologia de informação promoverá sua estratégia de Big Data.  No entanto, os entrevistados da pesquisa nos 18 países informaram que outras linhas de negócios também se juntarão à área de TI na liderança de Big Data, incluindo: Finanças (24%), Pesquisa e Desenvolvimento (20%), Operações (20%), Engenharia (19%), Marketing (15%) e Vendas (14%).


 


Big Data e pessoal de TI


Muitas empresas estão descobrindo que os projetos de Big Data precisam incluir múltiplas linhas de negócios, o que exige novos níveis de colaboração interempresarial. E, ainda que a tecnologia seja importante para as soluções Big Data, é necessário encontrar pessoas com o conjunto de habilidades especiais e com criatividade para imaginar e realizar o potencial pleno dos dados. É cada vez mais necessário que mais profissionais de TI sejam treinados nessa área especializada: por exemplo, os “cientistas de dados” que transformam dados brutos em informações que levam à descoberta e aos Insights, que informam o que descobriram de formas criativas e visuais e que sugerem o impacto sobre o negócio.  



  • Quase um em cada quatro gerentes de TI no mundo (22%) disse que os projetos de Big Data afetarão de maneira significativa seu pessoal de TI e mais da metade (56%) disse que o Big Data terá no mínimo algum impacto.

  • Quando perguntados se estavam pessoalmente prontos para aproveitar as oportunidades de Big Data, 35% sentiram-se incondicionalmente prontos, 36% expressaram sua prontidão, mas achavam que as tecnologias e soluções eram deficientes, e um em cada quatro (24%) não se sentia nem um pouco preparado.


 


Data in Motion: nova fonte de dados leva a novas oportunidades


Um importante, porém amplamente inexplorado tipo de dado é o dado gerado por dispositivos, sensores e vídeo, que nos permite tomar ações em tempo real que geram valor, até então impossível de se capturar: o que é chamado pela Cisco de Data in Motion. A rede pode fornecer informações contextuais úteis para o Data in Motion, tais como a localização, a identidade e a presença de uma pessoa ou dispositivo (quer estejam “disponíveis” ou não). Esses dados podem ser usados por aplicativos na tomada de decisões ou ações que sejam imediatamente relevantes ou até mesmo na previsão de eventos futuros. A comunicação máquina-a- máquina (machine-to-machine) na automatização de fábricas é um exemplo de onde o Data in Motion pode ser extremamente valioso na otimização de um processo de produção. De acordo com o Cisco Visual Networking Index Global Mobile Data Traffic Forecast for 2012 to 2017, haverá mais de 1,7 bilhão de conexões máquina-a-máquina em 2017.



  • 73% dos entrevistados global e 85% no Brasil planejam incluir os dados dos sensores digitais, medidores inteligentes, vídeos e outros “dispositivos inteligentes” não tradicionais de suas redes em seus planos de Big Data.

  • A adoção ainda está em estágio inicial: Mundialmente, somente um terço dos entrevistados na pesquisa (33%) tem um plano em vigor para aproveitar essas novas fontes de dados.

  • As exceções são China (64%), Índia (59%) e Argentina (50%), onde os gerentes de TI relataram que suas empresas já implantaram planos para o uso dessas novas fontes de dados. O percentual no Brasil é de 39%.


 


O dilúvio de dados: De onde vêm todos os dados?


Muitos tipos de informações são coletadas e/ou usadas atualmente, incluindo tanto dados estruturados quanto não estruturados.


Os entrevistados na pesquisa citaram as fontes de dados abaixo como as mais comuns para suas empresas:



  • 74% no mundo e 81% no Brasil estão coletando dados atuais

  • 55% no mundo e 66% no Brasil coletaram dados históricos.

  • 48% no mundo e 44% coletam dados de monitores e sensores.

  • 40% aproveitam dados em tempo real, que são usados e depois descartados. Os países com os mais altos usos de dados em tempo real foram: Índia (62%), EUA (60%) e Argentina (58%). No Brasil somente 35% aproveitam dados em tempo real, que são usados e depois descartados.

  • 32% no mundo e 28% no Brasil estão coletando dados não estruturados, tais como vídeo. Com 56%, a China encontra-se muito acima da média global de coleta de dados não estruturados.


 


Sobre o Estudo


Terceiro em uma série anual, o 2012 Cisco Connected World Technology Report, foi encomendado pela Cisco e realizado pela InsightExpress, empresa independente de pesquisa de mercado baseada nos Estados Unidos. O estudo global é composto por duas pesquisas: a primeira, que se concentra em estudantes universitários e trabalhadores com idades entre 18 e 30 anos, e a segunda, com foco nos profissionais de TI. Cada pesquisa inclui 100 entrevistados de cada um dos seguintes 18 países: Estados Unidos, Canadá, México, Brasil, Argentina, Reino Unido, França, Alemanha, Holanda, Rússia, Polônia, Turquia, África do Sul, Índia, China, Japão, Coreia do Sul e Austrália.  


 


Estudo da Geração Y


O primeiro estudo no 2012 Cisco Connected World Technology Report (CCWTR) descobriu que 90% dos entrevistados da Geração Y no mundo disseram procurar frequentemente por atualizações de e-mail, mensagens e sites de mídia social em seus smartphones antes de saírem da cama. O relatório examina como a Geração Y usa a internet e os dispositivos móveis para se conectar com o mundo à sua volta e com os enormes volumes de dados gerados diariamente por smartphones, sensores, câmeras de vídeo, monitores e outros dispositivos conectados.


 


Leia também



Saiba mais sobre Big Data, HPC e Analytics em um evento especialmente voltado para estes segmentos. Clique aqui e conheça o site.




Fonte: Assessoria de imprensa CISCO

Comentários


Outras notícias

Livro sobre Métodos Ágeis disponibilizado livremente

Publicado em: 14/02/2019 às 15:20 | leituras |

"Scrum - Projetos Ágeis e Pessoas Felizes", de autoria de Cesar Brod, disponibilizado de forma livre (Creative Commons) para download e consulta.

Papo de SysAdmin vai lançar Club DevOps

Publicado em: 19/01/2019 às 17:53 | leituras |

Plataforma deverá ser ambiente para reciclagem e capacitação em tecnologias DevOps.

Assespro-PR é o mais novo parceiro de canal do LPI no Brasil

Publicado em: 18/12/2018 às 11:10 | leituras |

A Assespro-PR — Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação —, e o Linux Professional Institute – LPI, firmaram uma parceria que deverá beneficiar as empresas associadas à Assespro-PR, bem como contribuir para a profissionalização do mercado de Software Livre e de Código Aberto no Paraná.

Linux Developer Conference Brazil: faltam poucos dias!

Publicado em: 14/08/2018 às 11:57 | leituras |

Evento será realizado nas dependências da UNICAMP, em Campinas, nos dias 25 e 26 de agosto.

Leitor da Linux Magazine paga meia para entrar no FISL18

Publicado em: 06/07/2018 às 21:05 | leituras |

Parceria entre a ASL.org e a Linux Magazine disponibiliza código promocional que fornece 50% de desconto na inscrição para o FISL18.

DevOpsDays chega a Maringá pela primeira vez

Publicado em: 20/03/2018 às 18:25 | leituras |

O DevOpsDays terá sua sétima edição no Brasil sendo sediada na cidade de Maringá, no Paraná, dias 23 e 24 de março, no Sebrae. O evento acontece em mais de 40 países e nele foi criado o termo "DevOps" (em 2009, na cidade de Gante - Bélgica).

SENAI/Fatesg promove segundo Meeting Hacker Senai

Publicado em: 18/02/2018 às 12:47 | leituras |

No dia 24/02/2018 a partir das 8:00h, o SENAI/Fatesg realizará o segundo Meeting Hacker Senai, com a participação do LPI, da Infomach e da Barketilly.

Certificações LPI: o caminho para turbinar a sua carreira

Publicado em: 13/10/2017 às 15:50 | leituras |

O Linux Professional Institute (LPI) oferecerá provas de certificação na Latinoware, em Foz do Iguaçu, em outubro, na Poticon, em Natal e no FGSL em novembro. Fique antenado! Este artigo elenca as últimas novidades sobre o LPI.

Blog do maddog: Ambientes de nuvem privada virtual

Publicado em: 06/10/2017 às 14:09 | leituras |

O Subutai é uma solução de nuvem de código aberto, ponto a ponto (P2P), segura e estável, que cria ambientes de nuvem privada virtual (VPC) para usuários finais usando um modelo de nuvem de contêineres como serviço (CaaS). O usuário final pode instalar qualquer tipo de serviço, aplicativo ou software de infraestrutura que desejar nas máquinas em execução nessa nuvem.

Ambientes de nuvem privada virtual

Publicado em: 06/10/2017 às 13:23 | leituras |

O Subutai é uma solução de nuvem de código aberto, ponto a ponto (P2P), segura e estável, que cria ambientes de nuvem privada virtual (VPC) para usuários finais usando um modelo de nuvem de contêineres como serviço (CaaS). O usuário final pode instalar qualquer tipo de serviço, aplicativo ou software de infraestrutura que desejar nas máquinas em execução nessa nuvem.

4Linux abre vagas para Líder Técnico em São Paulo e Brasília

Publicado em: 25/07/2017 às 14:12 | leituras |

A 4Linux — uma empresa líder em soluções Open Source e em práticas DevOps — está procurando profissionais para trabalhar como gerente técnico, que tenha bons conhecimentos em Linux e Softwares Livres. São duas vagas: uma para trabalhar em Brasília e outra para São Paulo.

Seminário sobre gestão de privilégios do Linux dá direito a certificado CPE

Publicado em: 23/05/2017 às 10:35 | leituras |

O evento irá abordar a forte disseminação de sistemas Linux em toda a estrutura de informação e mostrará a importância de técnicos da área serem capazes de identificar rotas, especificar controles de acesso para usuários Linux e monitorar a atividade privilegiada do usuário ao longo da rede de informação e, especialmente, na complexidade da nuvem. Participantes poderão requerer gratuitamente os créditos de CPE (Continuing Professional Education).

Novas vagas para os minicursos do WikiLab

Publicado em: 16/05/2017 às 11:59 | leituras |

Novas vagas abertas para os minicursos do WikiLab. Todos que já apoiaram ou apoiarem o projeto WikiLab no Catarse (com qualquer valor) podem participar.

Novo evento "Universidade Livre" será realizado em Belém/PA em 06/05/2017

Publicado em: 28/04/2017 às 11:19 | leituras |

Novo evento sobre Software Livre será realizado no Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (IESAM).

Soluti Certificação Digital em busca de especialista Linux

Publicado em: 19/04/2017 às 17:18 | leituras |

A Soluti Certificação Digital está em busca de um profissional para atuar como especialista Linux em Goiânia.

Vaga para analista de TI com experiência em ECM/GED, BPM e BI

Publicado em: 16/12/2016 às 11:12 | leituras |

Renomada empresa de serviços de consultoria em TI, está em busca de um analista de TI para trabalhar em projetos de implementação de soluções ECM/GED, BPM e BI usando os sistemas Alfresco, Activiti, Bonita, Camunda e SpagoBI.

Nova versão do Scalix Groupware oferece suporte completo a IBM Power & IBM Mainframes

Publicado em: 14/12/2016 às 12:59 | leituras |

A nova versão dá liberdade de escolha às empresas para usar as tecnologias mais modernas oferecidas pelo mercado como base para sua solução de e-mail e colaboração

Software Livre e de Código Aberto: uma questão de economia, não de política

Publicado em: 12/11/2016 às 12:36 | leituras |

Os argumentos apresentados neste artigo são todos aspectos econômicos, e não aspectos políticos. Decisões baseadas em política (e não em economia) devem ser lembradas pelos eleitores nas próximas eleições.

Lançamento: E-book E-mail e Colaboração no Século XXI (grátis)

Publicado em: 29/09/2016 às 9:15 | leituras |

A Linux Magazine, em parceria com a Scalix Brasil e a Linux Solutions, acaba de lançar o novo ebook da série "Technology Report": E-mail e Colaboração no Século XXI. Baixe gratuitamente!

Oportunidade na 4Linux - Vaga para Brasília

Publicado em: 25/08/2016 às 9:58 | leituras |

A 4Linux, empresa de consultoria e treinamento especializada em tecnologia Open Source, está em busca de um profissional com o perfil de analista de infraestrutura Linux pleno, para atuar em Brasília.

Lançamento: E-book 101 dicas para usar o Linux como um Profissional (grátis)

Publicado em: 01/08/2016 às 8:19 | leituras |

Baixe gratuitamente o e-book "101 dicas para usar o Linux como um Profissional", contendo os principais conselhos para não se apertar no seu trabalho ao usar e configurar o sistema do pinguim.

Sicoob adota soluções de código aberto e triplica rede de associados

Publicado em: 19/07/2016 às 12:22 | leituras |

A partir do projeto, a empresa pôde substituir mais de 500 servidores físicos de pequeno porte, consolidando todas as transações em três mainframes e 15 máquinas Intel de alto desempenho (high end).

BrodTec é a nova revenda Scalix na Região Sul

Publicado em: 30/03/2016 às 11:20 | leituras |

No mês de março, a Scalix firmou parceria com a BrodTec para que a empresa seja o seu represente oficial no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Linux Professional Institute anuncia seu novo Diretor de Desenvolvimento Regional para o Brasil

Publicado em: 21/03/2016 às 18:51 | leituras |

Há muito tempo incentivando softwares livres e de código aberto, Cesar Brod é, agora, o responsável do instituto para ampliar a formação e certificação em Linux no Brasil.

ASL.Org lança campanha de doação para realizar o FISL17

Publicado em: 05/02/2016 às 21:20 | leituras |

A Associação Software Livre (ASL.Org) iniciou nesta quinta-feira (4) uma campanha de arrecadação de fundos para a continuidade de seus trabalhos, entre eles a organização da 17ª edição do Fórum Internacional Software Livre (FISL17), que acontece de 13 a 16 de julho em Porto Alegre.


Mais notícias


lançamento!

LM 119 | Backup e Restauração




Impressa esgotada
Comprar Digital  R$ 10,90 Digital

  1. Soluti Certificação Digital em busca de especialista Linux

    Publicado em 19/04/2017 às 17:18 | 625903 leituras

  1. Seminário sobre gestão de privilégios do Linux dá direito a certificado CPE

    Publicado em 23/05/2017 às 10:35 | 543222 leituras

  1. Baixe o curso de shell script do Julio Cezar Neves

    Publicado em 07/04/2008 às 19:41 | 524715 leituras

  1. 4Linux abre vagas para Líder Técnico em São Paulo e Brasília

    Publicado em 25/07/2017 às 14:12 | 389946 leituras

  1. Novo evento "Universidade Livre" será realizado em Belém/PA em 06/05/2017

    Publicado em 28/04/2017 às 11:19 | 333077 leituras

  1. Desura é "Steam" para Linux

    Publicado em 22/11/2011 às 14:49 | 17387 leituras

  1. [DIGEST] Aconteceu essa semana no mundo de TI

    Publicado em 25/05/2012 às 18:05 | 14698 leituras

  1. Ubuntu 6.06 LTS Server chega ao fim do seu ciclo de vida

    Publicado em 02/06/2011 às 12:01 | 16024 leituras

  1. Uma versão do Steam para Linux

    Publicado em 27/04/2012 às 9:17 | 16996 leituras

  1. Crackers usam funcionários em casa como "ponte" para invadir empresas

    Publicado em 15/02/2013 às 11:47 | 13699 leituras

whitepapers

mais whitepapers